Oxigénio

E é a conhecer-te
Que atravesso as brechas
Dos meus muros,
Relembro a dor
Que esqueço
E exponho o meu luto.
Aqui, ela.
De profundo vestido
De prata acetinado
No topo e p'lo negro
Solitário.
Vem no vento
 A memória lançada
À mente em suspiro,
Sopra p'los cabelos
De sangue soltos 
Dos novelos
E murmura no ouvido
- Sou o teu lamento.

19 & 22.08.2012


"Young and Free" | Tiago Photography

Do Colo

"Paz" -
Dizem-nos as suas lupas
De claro céu de verão.
A pele marcada
Por biografia sortida
D'amor, de mentira,
P'lo real na ilusão.
Nutre as medidas
Dos qu'a abraçam,
Esta alma torcida e distorcida
Entre as transbordas 
Do seu riacho.

E assim,
Vejo-te de cima,
Olhando-te de baixo.

08 & 16.08.2012
 

Por Detrás

Miss Scarlet Red
Colado no azul
Dos olhos meus,
Escondo-te entre os cirros
De rosas contrastados,
Suspensos no oco
Do silêncio.
Na anormal apatia,
Sufocam-se os anseios
Da saudade de ti
Que espreita
P'lo umbigo.

Num beco encontrei
Um robusto coração
Onde imaginei o meu abrigo
De paus, folhas e algodão.

22.12.2011 & 03.08.2012